1.5.07

estabilidade familiar


A família é assim: uns são centrados, focados, não chegam atrasados nem de ressaca no trabalho, têm relacionamentos estáveis que vão ajudar a reproduzir nossos genes. Os outros são eu e meu primo. E, depois de mais uma vez passar a noite no pogo e voltar para casa quando os outros estão indo correr no parque, decidimos: aos 30 a gente pára.


E a gente foi até o extremo oeste só para checar a fila da baladinha moderna free. Ainda tentamos um bar mais moderno ainda, que estava tão caído que até o segurança falou: "se vocês não gostarem, nem precisam pagar a entrada". Adoro a sinceridade dos seguranças. Mas no fim a gente acabou naquele clubinho imundo com o chão quadriculado, que fica ao lado da casa do meu primo e no qual já somos habituée. Não há nada como a estabilidade.


E a melhor parte é sempre: "depois dessa música a gente vai embora". A outra parte boa é: você encontrar um remoto namorado que foi um babaca e perceber que está melhor que o cara. Ah, a vaidade humana. Melhor que tudo isso só a coxinha com coca-cola no day after e saber que amanhã já é lua cheia.

0 Comments:

Publicar un comentario

Links to this post:

Crear un vínculo

<< Home