5.2.07

CHEGA!

Coisas que não agüentamos mais:

Filmes que não têm fim. Chega de diretores de filmes-cabeça que não conseguem contar uma história com sujeito e predicado! O roteiro vai, vai e acaba assim, sem mais nem menos, no melhor estilo “decida o fim você mesmo”. Parece o Big Brother. Será que os cineastas estão convivendo muito com redatores publicitários? Vamos dizer basta ao lugar comum (e filme sem fim já virou lugar comum).

Pessoas que insistem no SC. Tipo, escrevem fascilidade, ascociação, conscistência. Não sei de onde isso surgiu, mas é toSCo. Até o corretor do Word sabe que está errado.

0 Comments:

Publicar un comentario

Links to this post:

Crear un vínculo

<< Home