22.8.06

Miudezas de segunda

De todas as imundícies, ai meu rapaz, há poucas tão belas quanto beber vinho direto no gargalo, desrespeitando as normas da etiqueta em favor de Baco. Nada como sabotar uma segunda-feira com idéias mirabolantes sobre poços artesianos no sertão e cafés gauleses e entregar-se à tela branca, irmã-gêmea do tédio nas noites geladas da capital.
Melhor que isso, só transformar-se em cão vadio e morrer de choradeira, por amor ou estresse pós-traumático da ausência de perspectivas e excessos de trabalho. Nada como cultivar um pouco de ódio com ócio, sem justificativas cristãs e delongar-se sobre o miserê do mundo. Hermano, estamos cerrando las portas, venga mañana que hoy el día no esta para peces.


Balinhas de goma, pipas e amoras são das coloridas coisas
. Da ausência de cor e da cor plena, são os filmes noir e as zebras.

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

e viva os cogumelos, pois deles com eles fazemos os chás, as cores e um belo strognoff...

29/8/06 23:44  

Publicar un comentario

Links to this post:

Crear un vínculo

<< Home